K.K. MSupport ​© 2011 - 2018 | All Rights Reserved

Tel.: 0532-39-6025 | Fax: 0532-39-6026

info@msupport.ne.jp

〒441-8141 Aichi-ken Toyohashi-shi Kusama-choAza Hirahigashi 130 Towa Plaza 2-4

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon

Dicas de trabalho

Na hora de buscar um novo emprego ou mesmo depois de empregado no Japão, algumas regras de etiqueta e de comportamento são essenciais para o sucesso e o bom convívio com colegas e superiores no ambiente de trabalho. Foi pensando nas dificuldades encontradas pela grande maioria dos estrangeiros em absorver, entender e se adaptar à cultura do Japão, que nós disponibilizamos este conteúdo.

Como se vestir para ir a uma entrevista?

​Não use roupas extravagantes, como camisas cavadas, decotes, mini-saias, saltos muito altos, bonés, etc. O ideal para homens é calça escura, camisa polo e sapato e, para mulheres, calça de cor suave, camisa (com mangas e sem decotes ou estampas) e sandálias fechadas, sapatos ou tênis.

Nada de acessórios exagerados, como anéis ou brincos muito grandes, use maquiagem suave e nunca entre mascando chicletes ou balas.

 

Qual a postura correta para se sentar em uma entrevista?

​Na cultura japonesa, a maneira de se sentar é muito importante em uma entrevista de trabalho ou ao conversar com um cliente ou superior. A postura do candidato demonstra muito de seu caráter e de seu respeito pelo entrevistador. 
Sente-se de forma ereta, coloque as mãos sobre as pernas e olhe nos olhos de quem o(a) está entrevistando, porém de forma respeitosa e inclinando a cabeça suavemente de forma afirmativa sempre que responder uma pergunta.
Nunca cruze os braços, coloque as mãos nos bolsos ou se apoie na mesa, pois isto demonstrará desrespeito ou, pelo menos, falta de conhecimento da cultura do país.

 

Seja sincero e objetivo ao responder as perguntas.

​Mentiras sempre geram problemas futuros, aqui no Japão ou em qualquer país. Por este motivo, seja sincero e objetivo ao responder as perguntas de seu entrevistador ou ao preencher a ficha de entrevista. Não minta sobre seu nível de compreensão da língua japonesa ou sobre problemas de saúde, pois isso pode gerar inconvenientes para você e para a fábrica.

 

Utilize palavras polidas e formais.

​Ao conversar com um superior, utilize palavras polidas, evitando qualquer tipo de intimidade ou brincadeira. Por exemplo, utilize o termo "wakarimashita" ao invés de "wakata" ou "wakarimasen" ao invés de "wakaranai". É também muito importante saber como dar uma resposta negativa a um superior. Por exemplo, nunca utilize o termo "dame" quando, por algum motivo, não puder fazer horas extras. Ao invés disso, explique o motivo e demonstre sua preocupação por não poder ajudar e, caso não consiga se expressar de forma correta em japonês, peça a ajuda de um intérprete.

 

Respeite as regras.

​Regras foram criadas por um grupo de pessoas responsáveis pela segurança dos funcionários e pelo bom funcionamento da empresa como um todo, tendo como base um conjunto de fatores estudados e vividos ao longo de anos, ou em alguns casos, décadas de trabalho. Desrespeitar estas regras pode, além de gerar advertências ou demissões, causar grandes prejuízos ou até mesmo acidentes. Respeite as regras e, caso acredite ter uma boa ideia para melhorar seu ambiente de trabalho, comunique-a ao seu superior e jamais a coloque em prática sem ser aprovada.

 

Respeite a hierarquia de comando e os colegas de trabalho.

​Uma das coisas mais importantes dentro da cultura japonesa é o respeito pelos superiores ou por pessoas mais antigas na empresa. Desrespeitar esta regra é considerado uma falha muito grave e trará grande desconforto, podendo gerar até mesmo a demissão. Caso tenha qualquer problema com as pessoas em seu ambiente de trabalho, comunique ao seu tantousha ou responsável, para que ele possa lhe ajudar a resolver tudo da melhor maneira.